Alertas e Recomendações para o Pico Menor e Médio e Caixa de Fósforo

Localizados no Parque Estadual dos Três Picos, a via normal do Pico Menor e Médio e a trilha técnica da Caixa de Fósforo estarão em manutenção a partir do dia 27/07/2019. A FEMERJ está atualizando e divulgando os alertas e recomendações elaborados em parceria com o INEA. Novas recomendações podem ser estabelecidas conforme indiquem os monitoramentos realizados. 

Recomendações gerais
• Não confie em cordas fixas deixadas na parede! Não conte com a presença das cordas fixas para sua subida ou descida da montanha.

• Nunca abandone cordas fixas nas ancoragens ou em árvores. Qualquer corda fixa será removida. Guia de escalada, ajude na segurança removendo cordas fixas deixadas por outros.

• Não se apoie ou pise na vegetação às margens da trilha.

• Evite ir a esses picos em dias de chuvas, ou em quando o solo ainda estiver muito encharcado.

• Não abra ou use atalhos.

• As excursões devem ser formadas por grupos pequenos, de até 8 pessoas.

• Não é permitido acampar no cume.

Recomendações para o Pico Menor e Médio
• A Via Normal do Pico Médio e Menor é uma escalada com lances de até 2º grau.

• Como escalada é importante estar atento aos seguintes requisitos:

• Ter experiência e conhecimento em técnicas de escalada. Caso não possua experiência, esteja acompanhado de um guia de escalada ou um escalador experiente, observando a proporção de um guia de escalada para cada 3 participantes inexperientes, no máximo.

• Estar equipado com material de escalada, como: cadeirinha, corda, mosquetões, fitas, aparelhos de asseguramento e descida, mochila e calçado adequados.

• Estar física e psicologicamente preparado para realizar uma atividade de no mínimo 6h, com mais de 900m de desnível, passando por lances técnicos e expostos.

Recomendações para Caixa de Fósforo
A Caixa de Fósforo é uma trilha técnica que apesenta passagens com estruturas de via ferrata e trechos de escalada de até 2º grau.

Como trilha técnica é importante estar atento aos seguintes requisitos:

• Ter experiência e conhecimento em técnicas de escalada. Caso não possua experiência, esteja acompanhado de um guia de escalada ou um escalador experiente, observando a proporção de um guia de escalada para cada 6 participantes inexperientes, no máximo.

• Estar equipado com material de escalada, como: cadeirinha, corda, mosquetões, fitas, aparelhos de asseguramento e descida, mochila e calçado adequados.

• Estar física e psicologicamente preparado para realizar uma atividade de no mínimo 3h, com mais de 200m de desnível, passando por lances técnicos e expostos.

Para ler no site, clique aqui {+}