Luana Riscado


Seletiva para o Mundial Juvenil 2009 / Mundial Juvenil, Valence – França 2009

 

Escaladora niteroiense de 18 anos, Luana é atleta da Seleção Brasileira Juvenil de Escalada Esportiva.

 

Luana, como foi o seu primeiro contato com a escalada? De cara você sentiu que ía continuar escalando?
Comecei a prática do esporte assim por acaso, quando estava visitando uma academia com minha irmã, ela encontrou uma amiga dela que estava escalando e chamou a gente pra escalar também, desde então me apaixonei pelo esporte, mas não sabia que ele se tornaria tão importante na minha vida.

Como essa idéia foi recebida pela sua família, já que a escalada é um esporte de alto risco?
Iiiiih! Meus pais acharam o maior barato, e me apoiaram desde o começo. Eles sabem que os equipamentos desde que utilizados corretamente são muito seguros.

Vamos falar um pouco do seu dia-a-dia. Como é a sua rotina de treinos? Como você consegue conciliar o seu treino com o estudo mantendo um alto desempenho nos campeonatos?
Bom, treino 3 vezes por semana. Este é um ano bem complicado para mim, por estar prestando vestibular, mas mesmo assim tento aproveitar o máximo do tempo que tenho livre para treinar.

Qual a importância do patrocínio do Escalada Indoor Icaraí e de que maneira a experiência da escaladora Patrícia Mattos, que já participou de várias competições a nível nacional, contribui para os seus objetivos como escaladora de competição?
Para mim como atleta de competição é muito importante ter pessoas que acreditem no meu potencial como escaladora, e o Escalada Indoor Icaraí como meu patrocinador demonstra isso, me motivando a continuar treinando. A Patricia é uma pessoa muito importante para mim, pois desde que a conheci ela vem me apoiando e me ajudando a evoluir, exatamente por já ter participado e realizado diversas competições e ser muito experiente naquilo que faz há tanto tempo.

Quando você começou e por que a participar de competições?
Não lembro exatamente quando foi, mas sei que foi logo no inicio quando comecei a escalar, participava do infantil ainda e participei para ver como é que era e gostei muito!!

Esse ano você lidera a categoria Master Feminino nas competições aqui no Estado do Rio. Qual sua expectativa para esse campeonato?
Estou treinando bastante e meu objetivo é vencer o Campeonato Estadual neste ano de 2010.

 


Luana na Aresta da Pedra do Urubu / Campeonato Estadual de “Boulder” – 2010

 

Além do seu treinamento no Escalada Indoor Icaraí você faz algum outro tipo de treino como musculação, prevenção de lesões?
Deveria, mas como estou com o tempo muito apertado, não tenho como fazer nada além do que já faço.

Em sua opinião o que está faltando para termos mais competidoras nas categorias de base participando de competições? Tem sentido algum avanço aqui no RJ?
Acho que está faltando: incentivo, mais eventos e divulgação sobre o esporte, pois tem muita gente com quem comento sobre as competições mas que não sabe que existem competições de escalada. O Estado do Rio, com a Patrícia Mattos como organizadora das competições, está conseguindo um bom avanço nesta área.

Ano passado você participou da 1ª Seleção Brasileira Juvenil de Escalada Esportiva. Como foi participar desse projeto?
Foi uma experiência realmente incrível, poder estar em contato com escaladores do mundo todo, ver o nível e a disciplina que eles possuem para treinar e poder representar o seu país através do esporte que você ama, nossa é muito bom. Vi também que no Brasil o esporte ainda está se desenvolvendo e tem muito no que evoluir. Foi uma viajem que me fez crescer muito como atleta e como pessoa também.

Esse ano você também está na Seleção Brasileira que vai para o Mundial em Edimburgo, na Escócia, como estão os treinamentos?
Estou treinando bastante apesar de estar passando por um ano complicado de dedicação aos meus estudos.

Sabemos que você recebe seus treinamentos e que não tem nenhum treinador responsável da Seleção que te acompanha de perto, como você consegue desenvolver esse treinamento à distância? Qual é a maior dificuldade em cumprir as metas estabelecidas pelo seu treinador?
É isso mesmo, todos os atletas da Seleção recebem um treinamento e é bem difícil treinar sozinha, sem alguém da Seleção ao meu lado dizendo o que devo fazer ou se estou treinando do jeito correto e mais difícil ainda é estabelecer uma disciplina de treinamento.

Sabemos que no Brasil é muito difícil conseguir patrocínio. Você já conseguiu garantir sua ida para o Mundial desse ano? Como os patrocinadores podem te ajudar e como eles podem fazer contato contigo?
Ainda não!! Estou tentando, mas está muito difícil conseguir patrocínio, principalmente porque a escalada é um esporte relativamente novo e que ainda está em ascensão aqui no Brasil. Eles podem entrar em contato comigo através do Escalada Indoor Icaraí, ginásio onde treino, e da Patrícia Mattos.
escaladaindooricarai@gmail.com

Quanto a sua alimentação, você tem algum cuidado especial no dia-a-dia e antes de uma competição?
Procuro sempre me alimentar bem, comendo muitas frutas e legumes, mas não tenho nenhuma alimentação especial

Como foi a sua primeira vez numa das falésias mais clássicas de escalada aqui do RJ, a Pedra do Urubu na Urca? Você pretende voltar lá?
Gostei bastante, são vias muito técnicas e de muito equilíbrio. Claro, pretendo voltar lá em breve.

Você tem algum projeto na rocha em vista?
Atualmente estou me dedicando mais a escalada de competição e meu treinamento no Escalada Indoor Icaraí. Sempre temos um projetinho aqui ou ali, mas nada de muito importante.

Pra finalizar, qual o conselho que você dá para as meninas que querem começar no esporte?
A Escalada é um esporte completo que trabalha corpo e mente. Se realmente se dedicarem e nunca desistirem na primeira dificuldade garanto que valerá muito a pena. Na escalada você aprende muito a lidar com essas dificuldades.

 

Entrevista concedida a Luiz Alves
Confira a entrevista no Blog {+}

Posted in:

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *